Turismo Cirúrgico: É Seguro Fazer Cirurgia Longe de Casa?

Cirurgia Plástica em Poços de Caldas - Turismo Cirúrgico

Tópicos

Fazer Cirurgia Plástica longe de casa?

Você já deve ter ouvido falar de pessoas que viajam para realizar procedimentos estéticos. Quais as vantagens e desvantagens dessa atitude?

Existem várias possibilidades para esta atitude, algumas pessoas por exemplo não tem ninguém de sua família por perto e preferem realizar a cirurgia na cidade onde mora alguém de sua confiança, esta é uma boa razão, mas certifique-se que o profissional tem as qualificações necessárias para realizar a sua cirurgia onde quer que ele atue, e certifique-se que você poderá fazer as consultas pós operatórias necessárias até sua recuperação e voltar para casa fora de perigo.

Infelizmente na maioria das vezes o motivo é financeiro e este motivo muitas vezes faz que as pessoas tomem decisões ruins, porque o barato pode sair muito caro.

Os riscos de fazer uma cirurgia fora do seu domicilio são:

Fazer a cirurgia com um médico não capacitado

Algumas pessoas vão para o Paraguai por exemplo para fazer sua cirurgia, realizam a cirurgia com médico não registrado adequadamente nos órgãos competentes daquele país e muitas acabam morrendo ou tendo sequelas irreversíveis.

Por ísso é essencial que os pacientes procurem um médico especialista em cirurgia plástica para realizar o procedimento com segurança e eficácia. A consulta com um cirurgião plástico certificado é a melhor maneira de garantir que os pacientes recebam o cuidado adequado e evitem os riscos associados a procedimentos realizados por médicos não especializados.

Não fazer o pré e o pós-operatório adequados

Devido a distância as consultas são feitas por e-mail ou por telefone, não é possível discutir detalhes da cirurgia e o risco da cirurgia não sair exatamente como você sonhava é grande.

Viajar dias após a cirurgia

Este período é crítico e o risco é maior de complicações. O paciente que quer economizar deseja ir para sua casa o mais rápido possível para gastar menos diárias de hotel e irá viajar em um período de recuperação imediata quando há grande risco de trombose, de abertura de pontos, infecção e outros.

Não ter chance de acompanhamento posterior a cirurgia

Alguns pacientes viajam ainda com pontos e até drenos. Imagine o risco a que se submetem. Todo paciente deve ser acompanhado de perto pelo médico que executou sua cirurgia, retirada de pontos e drenos em ambulatório/consultório adequadamente licenciados, etc. O resultado de uma cirurgia não é imediato, a maioria dos procedimentos cirúrgicos só tem o seu resultado final com 3 a 6 meses após a cirurgia.

Ou seja, se o seu plano é economizar, muito cuidado para que a economia não custe o que você possui de mais caro, sua vida.

Gostou? Compartilhe!
plugins premium WordPress

Fale com nosso
atendimento!