Prótese de Silicone: Mitos e Verdades

Cirurgia Plástica em Poços de Caldas - Mitos e Verdades Sobre Prótese de Silicone

Tópicos

A cirurgia de implante de prótese de silicone é uma das cirurgias plásticas mais realizadas em todo o mundo. No entanto, existem muitos mitos e equívocos em torno desse procedimento. Neste artigo, vamos explorar os mitos e verdades sobre a prótese de silicone, analisando os riscos e benefícios associados a esse procedimento. Esperamos fornecer informações úteis e esclarecedoras para quem está considerando a cirurgia de implante de prótese de silicone ou que simplesmente desejam aprender mais sobre o assunto.

É verdade que a prótese de silicone afeta a amamentação?

Mito! A presença de próteses de silicone não afeta a amamentação, uma vez que o silicone é inserido abaixo dos ductos mamários, que são responsáveis pelo transporte do leite materno até os mamilos.

O silicone tem prazo de validade?

Verdade! A maioria das próteses tem uma vida útil de 10 a 20 anos, embora atualmente existam próteses sendo fabricadas que não precisam mais ser substituídas, trazendo alegria para as mulheres que estão se preparando para a cirurgia. É importante lembrar que um acompanhamento médico anual é necessário. Após 16 anos do implante, é recomendado um acompanhamento rigoroso para que a cirurgiã plástica possa avaliar a possibilidade de substituição da prótese.

Bebida alcoólica prejudica a cicatrização?

Verdade! A ingestão de bebida alcoólica pode ter efeitos prejudiciais tanto antes quanto depois de uma cirurgia. Antes do procedimento, o álcool pode comprometer a eficácia dos medicamentos utilizados durante a operação. Já após a cirurgia, a combinação de álcool com os medicamentos pós-operatórios pode ser perigosa. Por isso, é recomendado que o paciente evite o consumo de bebidas alcoólicas pelo menos 30 dias antes da cirurgia e durante todo o processo de cicatrização.

O hábito de fumar aumenta o risco de necrose?

Verdade! Durante uma cirurgia, alguns vasos sanguíneos são rompidos e os demais precisam estar em boas condições para garantir uma boa vascularização da pele. No entanto, a nicotina presente no cigarro pode reduzir o calibre dos vasos sanguíneos, o que coloca os fumantes em maior risco de complicações durante o processo de cicatrização, incluindo a possibilidade de morte de tecidos, conhecida como necrose.

Quem têm próteses de silicone fica mais propenso a ter câncer de mama?

Mito! É importante ressaltar que o uso de silicone não está associado ao desenvolvimento de câncer de mama. No entanto, é fundamental que todas as mulheres, independentemente do uso de silicone, realizem o autoexame e a mamografia anualmente a partir dos 35 anos de idade. 

Os seios perdem a sensibilidade depois da colocação das próteses de silicone?

Mito! É comum ocorrer uma leve alteração na sensibilidade nos primeiros dias após a colocação dos implantes mamários, no entanto, com o passar do tempo é comum que a sensibilidade retorne ao normal. Casos em que a sensibilidade não retorna são raros.

Menores de 18 anos podem colocar próteses de silicone?

Mito! É importante destacar que a colocação de próteses de silicone é contraindicada para menores de 18 anos, pois o corpo ainda está em fase de desenvolvimento. É recomendado que a mulher tenha pelo menos 5 anos após a primeira menstruação para considerar a colocação das próteses, uma vez que o corpo precisa estar completamente formado para minimizar os riscos associados à cirurgia.

Diabéticas podem colocar as próteses?

Verdade! Pessoas que têm diabetes, desde que a doença esteja controlada, podem se submeter à cirurgia para colocação de implante mamário.

Há contraindicação em expor os seios aos raios solares logo depois da cirurgia?

Verdade! Após uma cirurgia plástica, é importante evitar a exposição ao sol, pois a radiação solar pode prejudicar a cicatrização da pele. Além disso, a exposição solar também pode levar à hiperpigmentação, o que pode deixar manchas escuras na região da cicatriz. É recomendado que o paciente proteja a área operada com roupas adequadas e use protetor solar com fator de proteção solar (FPS) adequado, conforme orientação da cirurgiã plástica.

Existem muitos mitos e verdades sobre a cirurgia plástica de implante de prótese de silicone, que podem gerar dúvidas e insegurança nos pacientes que consideram esse procedimento.

Assim, é muito importante buscar informações corretas e confiáveis sobre o procedimento, assim como escolher uma cirurgiã plástica experiente e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para realizar a cirurgia. Somente uma especialista qualificada poderá esclarecer todas as dúvidas do paciente, avaliar a sua saúde e condição física e recomendar o procedimento mais adequado, garantindo a segurança e o resultado desejado.

Gostou? Compartilhe!
plugins premium WordPress

Fale com nosso
atendimento!